Lúcio Funaro diz ao Supremo que sua casa foi invadida

13/09/2017 13:49
ANDRE DUSEK/ESTADÃO
Lúcio Funaro diz ao Supremo que sua casa foi invadida

A defesa do doleiro e delator Lúcio Funaro protocolou petição no Supremo Tribunal Federal onde informa que sua residência em São Paulo foi invadida no último domingo. No documento o advogado de Funaro afirma que a esposa do operador, Raquel Pitta, e sua filha moram na casa e que a tentativa de invasão se deu por meio do imóvel vizinho, de propriedade do empresário Joesley Batista. Ao serem vistos os 3 invasores fugiram sem levar nada. Funaro pede proteção à sua família. Apontado como integrante do núcleo operacional e financeiro do PMDB da Câmara, Lúcio Funaro detalhou aos investigadores como intermediava a coleta e distribuição de propina para políticos do grupo do presidente Michel Temer. 

 

LEIA MAIS SOBRE

VEJA MAIS NOTÍCIAS

VER MAIS +